Compartilhar

Aplicação de defensivos agrícolas

O uso incorreto de defensivos agrícolas deve ser combatido porque configura um risco não só às abelhas, mas à segurança de pessoas e do meio ambiente. Até ser aprovado para uso, os defensivos agrícolas passam por um processo de avaliação intensa junto aos órgãos regulatórios que pode levar em média quatro e, em alguns casos, até 10 anos. Se aplicado corretamente, para as culturas, na quantidade e frequência indicadas nos rótulos, bulas e materiais informativos obrigatórios por lei, os defensivos agrícolas são seguros para pessoas e para o meio ambiente e eficazes no objetivo de proteger culturas visando produtividade no campo e qualidade de consumo dos frutos.

Os erros de aplicação relacionados à morte de abelhas estão principalmente associados a algumas questões estruturais da agricultura como qualificação de mão-de-obra , regulagem de equipamentos , informalidade da atividade apícola e colmeias não identificadas nas plantações. O setor de defensivos agrícolas tem trabalhado fortemente para incentivar o diálogo entre agricultores e apicultores para que juntos possamos encontrar caminhos para uma relação que valorize a proteção racional dos cultivos, o serviço de polinização realizado por abelhas, a proteção das abelhas e do meio ambiente e o respeito à Apicultura.

Contato

    colmeiaviva@sindiveg.org.br

    Assistência Técnica
    0800 771 8000

    Assessoria de Imprensa
    imprensa@sindiveg.org.br
    (11) 5094-5529

    Realização

    Signatárias